quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

"Como o Céu"

“Existem momentos em que o céu é tão azul
que suas cores nos hipnotizam
Mas também a momentos que é tão cinza
que sentimos vontade de chorar

Quando estamos juntos
as vezes somos como o céu
Embora um pouco diferente em reações

Não podemos viver sem o céu
nem suas cores

Eu também não posso viver sem você
sempre me hipnotizando
Mesmo assim às vezes é dificil
e não posso nem mesmo ficar ao seu lado

Não que seja dificil te amar
nem mesmo preciso perguntar se me ama
Mas ainda assim quando brigamos...

É tão fácil errar quando não queremos
mas por que será tão dificil se desculpar?

Nos seus braços eu sei que posso ficar
e nunca mais sair
Nos mesmo braços que se debatem incansaveis
quando brigamos

Ainda assim posso sempre te ouvir dizer:
'Te amo'
Mesmo quando ainda estamos distantes

Se tudo fosse como o céu que muda de cor
não haveria tanta dor
Pois mesmo que ele mude de cor ainda é o céu

Assim como meu amor por você.”

Tharine Lillena Veiga

Nenhum comentário:

Postar um comentário